logo e frase

André e Andrade - "CAMA FRIA" (1991)

LP André e Andrade "CAMA FRIA" de 1979.. o LP que subimos é o que foi regravado pela BMG (Sabiá) em 1991 que é o mesmo... a 1º gravação foi feita pela RDG e foi o 2º LP da dupla... lp este que lhes rendeu o grande e tão sonhado prêmio "Disco de Ouro".

André e Andrade-Vol02

  • lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_308201-MLB20293116982_052015-F
  • lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_140301-MLB20293116985_052015-F
  • lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_325201-MLB20293116986_052015-F
  • lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_735201-MLB20293116993_052015-F

Musicas do LP

  1. Cama Fria
  2. Coração Sem Dono
  3. Mulher Ingrata
  4. Berrante Da Saudade
  5. Flor Do Ipê
  6. Coração Bandido
  7. Estou Voltando Para Teus Braços
  8. Saudade De Carreiro
  9. Lição De Vida
  10. Fui Na Casa De Meu Bem

André e Andrade - "CAMA FRIA" (1991) LP Completo

Letras das Musica do LP

A1 - Cama Fria 
(André / Andrade / Loirinho)

Amigo entre agora
e não repare nada
Hoje é o aniversário
dessa casa abandonada
Há tempo que foi embora
a dona desta morada
Até o tempo murmura
seu nome de madrugada

Quarto escuro cama fria não ter ninguém
estou chorando com a falta do meu bem

Hoje completa um ano
que meu coração reclama
a presença do meu bem
por quem a minh'alma chama
Passo as noites solitário
sofrendo por quem não me ama
Que falta ela me faz
deitada em minha cama

Quarto escuro cama fria não ter ninguém
estou chorando com a falta do meu bem

divisoria

A4 - Berrante Da Saudade 
Composição: (Albertino Soares / João De Freitas)

De Setembro pra Outubro lá as "paisage" é murmurante
Lembro que fui boiadeiro por esse Brasil gigante
Grande mágoa e saudade
no meu peito é bastante
do meu tempo que se foi
ouvindo os berros de bois e meu manhoso berrante

O Brasil desenvolveu num progresso importante
Hoje o gado é transportado sem ter grito de ajudante
As jamantas boiadeiras no asfalto é atuante
Não se vê nos povoados
Os peão atrás do gado
nem o som de um berrante

A tristeza me abraça com saudade abafante
Olho o meu velho retrato e passo as hora impressionante
vejo na imaginação
as campinas verdejante,
o gado pastando a ramagem
lento seguindo viagem acompanhando o berrante

meus filhos vê a tristeza no meu cansado "sembrante"
vejo a sela pendurada, minha rede de barbante
É o espelho pra o meus netos
meu passado de viandante
Meu gibão guardei na mala
na parede da minha sala, o meu manhoso berrante

divisoria

B1 - Coração Bandido 
Composição: (Albertino Soares/ André / Andrade)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_325201-MLB20293116986_052015-F
divisoria

B4 - Lição De Vida
Composição: (Lorival Seriano / Andrade)

Sei que sou um homem triste
Por não ter felicidade
Estes meus cabelos brancos
São relíquias de saudade

Por um bem que tanto quis
E não teve honestidade
Desprezou os meus carinhos
Pra seguir outros caminhos
Preferiu a liberdade

Todos nós temos direito
De amar um coração
Só eu nunca consegui
Meus desejos foram em vão

Eu lhe dei o meu amor
Recebi ingratidão
Você não me deu valor
Se o mundo é um professor
Esta é mais uma lição

Hoje volta arrependida
Implorando meu perdão
Não darei mais meu abrigo
Nem terás meu coração

Entre nós tudo morreu
Teu amor não quero não
Eu te falo com franqueza
Hoje a tua tristeza
É o preço da traição

A2 - Coração Sem Dono
Composição: (João De Freitas / André / Andrade)

Coração que bate e dói, bate pra mim por doente
É um coração sem dono que não tem um pretendente

Ai, ai, coração amargurado, vai batendo desprezado
Machucar o peito da gente.

Coração você me conta, por que bate acelerado
Coração que não tem dono vai batendo desprezado

Meu coração nunca teve um amor pra seu herdeiro
Ele vive encarcerado no meu peito prisioneiro

Ai, ai coração amargurado, vai batendo desprezado
Batendo com desespero.

Coração você me conta, por que bate acelerado
Coração que não tem dono vai batendo desprezado.

divisoria

A5 - Flor Do Ipê
Composição: (Djalma / André / Andrade)

Eu nasci no mês de agosto
No mês da flor do ipê
Os campos ficam floridos
Que da gosto a gente ver
Mas para mim é tristeza
Não posso me compreender
Que eu nasci no mês de agosto
Mas foi só para sofrer, ai, ai, ai

Da minha infância querida
Eu não consigo esquecer
Na porta da minha escola
Um lindo pé de ipê
Na hora do meu recreio
Ali eu me descansava
Parece que a flor dizia
Que a minha infância terminavca, ai, ai, ai

Logo veio a mocidade
Pequenos dias risonhos
Passou na velocidade
De um terminadinho sonho
Transformando o meu sorriso
Num triste e amargo pranto
Que chora ao ver no presente
Esses meus cabelos brancos, ai, ai, ai

Agora velho e cansado
Me resta pouca lembrança
Olho pro campo da vida
Pequenas rosas balançam
No mês de agosto eu vejo
Os lindos pés de ipês
As flores nascem de novo
Só eu não volto a nascer, ai, ai, ai

divisoria

B2 - Estou Voltando Para Teus Braços
Composição: (João De Freitas / André / Andrade)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
divisoria
lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_308201-MLB20293116982_052015-F

B5 - Fui Na Casa De Meu Bem 
 Composição: (João De Freitas / Zé Alves / Elias Pereira)

 Fui na casa do meu bem
Pra te ver, mas não encontrei
Procurei pra toda a parte
Seu endereço não achei

Ai, ai, ai, ai
Ai, ai, ai, ai
É feio homem chorar
Mas confesso que chorei

Depois que meu bem partiu
Tudo aqui ficou tão triste
Meu coração dá pancada
E meu peito não resiste

Ai, ai, ai, ai
Ai, ai, ai, ai
Aqui nesta solidão
Somente a tristeza existe

 

A3 - Mulher Ingrata 
Composição: (Albertino Soares / André / Andrade)

Eu sei Foi o amor que fez você me amar Eu sei Que esse amor vai fazer você voltar.

Espero Que a saudade vá bater no coração E quando Ela bater vai sentir que estou te amando.

E agora estou sozinho reclamando sua ausência Na esperança dos bons ventos te soprar Lembrar de mim e saber que ainda existo.

E agora estou sozinho reclamando sua ausência Na esperança dos bons tempos te tocar Lembrar de mim e saber que ainda existo.

Eu sei Foi o amor que fez você me amar Eu sei Que esse amor vai fazer você voltar.

Espero Que a saudade vá bater no coração E quando Ela bater vai saber que estou te amando.

E agora estou sozinho reclamando sua ausência Na esperança dos bons ventos te soprar Lembrar de mim e saber que ainda existo.

E agora estou sozinho reclamando sua ausência Na esperança dos bons tempos te tocar Lembrar de mim e saber que ainda existo.

divisoria
lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_140301-MLB20293116985_052015-F
sabia logo
divisoria

B3 - Saudade De Carreiro

 Composição: (João De Freitas / André / Doquinho)

 Adeus carro de boi
Cantando lá no estradão
Sua voz ficou gravada
Dentro do meu coração

Ei, ei, ei boi
Ei minha boiada carreira
Vai descendo o grotão
Vai levantando poeira

Lá vai meu carro de boi
Cantando à estrada afora
Vai cantando e sumindo
Foi cantando e foi-se embora

Ei, ei, ei boi
Ei minha boiada carreira
Vai descendo o grotão
Vai levantando poeira

lp-andre-e-andrade-cama-fria-1991-sabia-D_NQ_NP_735201-MLB20293116993_052015-F
divisoria

PARCEIROS DO CANAL

Quer ser parceiro do canal entre em contato e tenha sua marca anunciada aqui e em videos no nosso canal…. 

1506857_668956993145896_2121047707_n
12502_1516536171915154_5335645718093930532_n
LOGO
 

Entre em contato Vinil do Velho

Pagina dedicada a divulgação de LPs digitalizados e postados no nosso canal Oficial no YouTube –  https://www.youtube.com/vinildovelhooficial

  ATENDIMENTO GERAL (67) 3366-1798 / (67) 8117-6631-

 vinildovelho@hotmail.com

Envie sua mensagem

mande sugestões e/ou perguntas e reclamações que estaremos disposto a ouvilo e a medida do possivel atende-los.