logo e frase

Amado Batista - Seresteiro das Noites - 1985 - (LP Completo) 

Seresteiro das Noites é o nono álbum de estúdio do cantor Amado Batista. É o primeiro álbum do artista gravado pela BMG, antiga RCA. Gravado e lançado em 1985, vendeu mais de 1 milhão e meio de discos.

Amado Batista-Vol9

  • amado Batista 85 capa frente
  • amado Batista 85 capa verso
  • Disco lado A
  • Disco lado B

Musicas do LP

  1. Seresteiro das noites 
  2. Grande cantor 
  3. Venha até aqui 
  4. Bailinhos
  5. Menininha meu amor
  6. Procurando alguém 
  7. Um peixe ou uma criança
  8. Quem será? 
  9. Perdão meu bem 
  10. Moreninha 
  11. Chance 
  12. O amor não tem idade

Amado Batista - Seresteiro das Noites - 1985 - (LP Completo) 

Letras das Musica do LP

A1 - Seresteiro das noites 
Composição: (José Fernandes)

Existem momentos na vida
Que lembramos até morrer
Passados tão tristes no amor
Que ninguém consegue esquecer
Carrego uma triste lembrança
De um bem que jurou me amar
Está presa em meu pensamento
E o tempo não vai apagar

(Fui seresteiro das noites
Cantei vendo o alvorecer
Molhado com os pingos da chuva
Com flores pra lhe oferecer)

Enquanto eu cantava o amor
Em mim uma paixão nascia
Entre a penumbra, um rosto
Na janela pra mim sorria
Um beijo uniu nossas vidas
Mas sepultou sonhos meus
Meses depois uma carta
E nela a palavra adeus

(Fui seresteiro das noites
Cantei vendo o alvorecer
Molhado com os pingos da chuva
Com flores pra lhe oferecer)

Meus cabelos estão grisalhos
Do sereno das madrugadas
Meu violão velho num canto
Já não faço mais serenatas
Abraço o calor do sol
Choro quando vejo a lua
Parceira das canções lindas
Que cantei na sua rua

(Fui seresteiro das noites
Cantei vendo o alvorecer
Molhado com os pingos da chuva
Com flores pra lhe oferecer)

divisoria

A4 - Bailinhos 
Composição: (Vicente Dias / Caçulito)

Me lembro e sinto saudade
Das festinhas de família
Você não me convidava
Tinha certeza que eu ia

A pedido dos casais
Um baile sempre havia
No som da musica lenta
No meu ombro você dormia

Nos bailinhos que hoje vou
Olho e não te vejo mais
Para imitar nosso encontro
Onde vou, você não vai

Naqueles cantinhos quentes
Que falta você me faz
Sem o calor do seu corpo
Eu sinto frio demais

Ah! se você algum dia
Sentir-se a dor da saudade
Daria maior valor
A quem te ama de verdade

Então pra mim voltaria
Sem orgulho e vaidade
E a vida então nos daria
Completa felicidade

amado Batista 85 capa frente

B1 - Um peixe ou uma criança 
Composição: (Sebastião F. da Silva / Benê Brito)

Não suporto ver o povo
Fazendo coisas pra se destruir
Às vezes penso até que Deus
Se cansou de todos e foi dormir

Talvez eu não seja importante
Mas acredito ter algum valor
Também nasci do pó da terra
Sou contra a guerra e o preconceito de cor

Queria ser uma criança
E não me envolver com as coisas do mundo
Queria ser um peixe no mar
E viver lá no fundo
(2 Vezes)

Eu não queria que o homem
Fizesse as coisas com ambição
Queria acabar com a fome
E com os defeitos dos meus irmãos

Queria brincar com as crianças
E não sentir o que sinto agora
Queria dar mais esperanças
Pra aqueles que sofrem
Por quem foi embora

divisoria

B4 - Moreninha 
 Composição: (José Fernandes / Paulo Roberto)

Entrei num salão de festa
Com uma loira fui dançar
Uma morena, eu olhei
Num cantinho, a conversar

Seu olhar me enfeitiçou
E a convidei em um piscar
A loirinha agradeci
E com a morena fui dançar

Vem moreninha
Vem minha flor
Vem, ô neguinha
Vem meu amor

E foi no final da festa
Que a coisa esquentou
Saímos de braços dados
E o romance começou

Os rapazes a olhavam
Mas ela nem bola deu
Eramos dois namorados
Quando o dia amanheceu

A2 - Grande cantor 
Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Quero ser grande cantor
Pra poder te conquistar
Pois quem sabe desta forma
Eu consiga te ganhar

Saiba que não sou de ferro
Sou todinho carne e osso
E a força do sucesso
Vai trazer você do poço

Vou usar todos os meios
Vou cantar lá na tv
Realizo os meus anseios
E você pode me ver

E quando ver milhões de fãs
Com papel, caneta e punho
Agarrando o seu galã
Você vai sentir ciúmes

Sou pequeno no tamanho
Mas sou grande no amor
Sem você me sinto estranho
Eu me sinto sem valor

Dizem que amor descola
É puro e passageiro
Mas esse papo não cola
Eu quero você primeiro

Sei que você não dá bola
Nem pra mim, nem pra ninguém
E esse jeito, se eu me enrola
Mas vou te chamar de bem

Só se não for o meu dia
Mas se for, vai ser agora
Eu não deixo pra amanhã
O que posso fazer na hora

divisoria

A5 - Menininha meu amor
Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Eu não consigo esquecer de você
Tem sido muito difícil pra mim
Diga porque? Me deixou tão sozinho
Menininha, meu amor
Menininha, meu amor
Escrever cartas eu já escrevi
Mandar recados também já mandei
Quero morrer se você tiver outro
Menininha, meu amor
Menininha, meu amor
A solidão vai acabar comigo
Se quem amo, não voltar
Se você quis só me dar um castigo
Já chega amor, pode voltar
Eu não consigo esquecer de você
Tem sido muito difícil pra mim
Diga porque? Me deixou tão sozinho
Menininha, meu amor
Menininha, meu amor.

RCA Discos logo
Disco lado A

B2 - Quem será? 
 Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Hoje todo mundo diz
Que voce não me quer
É que você não pensa
Do que vai ser do futuro

O amor cresce com o tempo
Só a saudade que fica
Esperando por nós
O tempo passa e você não vem

Eu venho a pensar
Quem será? Meu grande amor
(2 Vezes)

Um dia, eu parto pra outra
Vou ser sucesso enorme
Quando sigo é pra valer
Nem tristezas me seguram

Lá bem distante de tudo
No infinito do espaço
Junto com as estrelas

Eu volto a pensar
Quem será? Meu grande amor
(2 Vezes)

 

divisoria

B5 - Chance 
Composição: (Edelson Moura / Amado Batista)

Quero,
Te dizer baixinho
Com todo o carinho
O que sinto por ti
Espero, Uma chance sua
Nesta noite de lua
Ter você aqui
E quando essa chance chegar
Eu vou me apossar do seu coração
Nesta hora nem quero pensar
Só quero tocar o seu corpo com as mãos

Disco lado B

A3 - Venha até aqui 
Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Ando pelas avenidas
Onde tantas vezes nós dois passeamos
Por entre os carros que passam
Eu desesperado vou te procurando
Vejo altos edifícios
Muitos coloridos, e gente a correr
Mais entre o povo que passa eu não vejo você

Se estás me ouvindo agora
Venha até aqui
(2 Vezes)

Paro de frente ao cinema
Que lindo cartaz em exibição
Os casais de namorados
Entrando abraçados
Que linda união
Só eu me sinto perdido
Andando sozinho
Querendo entender
Porque que o negro destino me roubou você


Na casa de uns amigos
Outro dia eu fui passear
Enquanto eles brincavam
Cantando eu estava num canto a chorar
Namorei outra garota
E sinto vergonha até em dizer
Só porque ela parecia um pouquinho você

divisoria

A6 - Procurando alguém
Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Eu estou sozinho
Procurando por alguém
E esse alguém
Tem que ser o meu amor

Eu não sei ao certo
Se ela está num avião
Ou debaixo do chão
Passeando de metrô

Não sei se seus olhos
Serão negros ou azuis
Eu não tenho
Exigências a fazer

Pode ser daqui
Ou pode ser de outro país
Eu quero é ser feliz
E feliz vou lhe fazer

(refrão)
Quem sabe se esse alguém
Não vive junto a mim
Ou quem sabe se não mora no japão
Pode ser que seja garçonete ou mandequim
Ou alguém que vive a beira de um fogão

Pode ser que ela esteja
Vindo de manaus
Ou curtindo uma praia
Em salvador

Pode ser a moça
Que ontem na televisão
Fez meu coração
Disparar feito um motor

Pode ser Cecília ou Tereza ou Lucy
Não importa, o nome que ela tiver
Sei que o meu coração vai saber escolher
E ele vai saber, quem será minha mulher

(volta pro refrão)

amado Batista 85 capa verso

B3 - Perdão meu bem 
Composição: (Reginaldo Sodré / Amado Batista)

Eu hoje estou meio cansado
estou desafinado
com os meus problemas
Pois a minha amada está meio calada
deve estar pensando coisas
vejo que seu rosto queima
Quer dizer alguma coisa
mas as suas conclusões
acho que não foram boas
E pela cara que estou vendo
Pelo que estou sentindo
eu posso estar devendo

Perdão meu bem
Eu posso até quem sabe estar errado
Mas fale um pouco desse mal danado
Eu posso até pedir perdão

divisoria

B6 - O amor não tem idade 
Composição: (Juvenal Ungarelli / Nazildo / Amado Batista)

Eu queria ter a sua idade
E pelas ruas da cidade
Passear com você

Sem ninguém dizer que sou velho demais
A idade dos seus pais
Não tenho culpa de ter

Se um de nós nascer um pouco antes
Isso não é importante
Pra você e nem pra mim

Mas o povo que criou tanta barreira
Leva tudo em brincadeira
Ao viver pensando assim

(refrão)
Dizem que o amor não tem idade
Mas não é verdade, eu bem sei
Só não tem idade pra quem sente
Mas os outros não entendem
Como é que explicarei

O passado torna impe-cílio
Um casamento errado, e meus filhos
São problemas pra nós dois

Até a família nos magoa
Pensando em outras pessoas
Do que vão dizer depois

Será que os amigos e parentes
Não percebem que a gente
Tem direito a ser feliz

Pois quando amor existe
Ele destrói
Comentários que mais dói
Dessas línguas infelizes

PARCEIROS DO CANAL

Quer ser parceiro do canal entre em contato e tenha sua marca anunciada aqui e em videos no nosso canal…. 

1506857_668956993145896_2121047707_n
12502_1516536171915154_5335645718093930532_n
LOGO
 

Entre em contato Vinil do Velho

Pagina dedicada a divulgação de LPs digitalizados e postados no nosso canal Oficial no YouTube –  https://www.youtube.com/vinildovelhooficial

  ATENDIMENTO GERAL (67) 3366-1798 / (67) 8117-6631-

 vinildovelho@hotmail.com

Envie sua mensagem

mande sugestões e/ou perguntas e reclamações que estaremos disposto a ouvilo e a medida do possivel atende-los.